<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d12023629\x26blogName\x3dPharm%C3%A1cia+de+Servi%C3%A7o\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://pharmaciadeservico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttps://pharmaciadeservico.blogspot.com/\x26vt\x3d5339164314434841800', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Pharmácia de Serviço

Há remédio para tudo ... pharmaciadeservico_at_gmail.com

Uma nova modalidade...

quarta-feira, 26 de junho de 2019

... de alimentação parentérica...!!!

Idoso do Prédio Coutinho recusa-se a sair da sua casa e tem-se alimentado através de uma corda

Ah, pois é...!!!


Chamar "filho da puta" a um agente da autoridade pode ser considerado um "grito de revolta". Desferir um murro num polícia pode ser uma forma de "defesa da força física exercida pelo agente policial".

Nesta linha de pensamento - aliás, muito pertinente - apelidar um magistrado do ministério publico de "cabrão" e "cornudo ranhoso" pode ser um adequado e sadio exercício de crítica mais ou menos mordaz...
Já "rebentar-lhe com as trombas" pode constituir um requintado exemplo de massagem facial...

Estamos neste pé...

Mais uma...

segunda-feira, 24 de junho de 2019

Primeiro Anabela Pedroso, secretária de Estado da Justiça, defende que os problemas de atendimento nos registos para tratar do Cartão de Cidadão (CC) acontecem por culpa dos utentes que vão para as lojas do cidadão quando estas ainda estão encerradas.

Constatada a alarvidade do dito, o governo apressa-se a tentar corrigir a asneira e a Ministra afirma que Governo não culpa cidadãos e que assume responsabilidades pelos problemas

Perante mais uma cavalidade governativa - onde houve tempo para alarvejar e, depois, engolir a alarvidade - da oposição não se ouve nada. Nem um pio...

Do povo, nem é bom falar. Bovino como é, adora verdasca - desde que de esquerda. E ainda agradece... 

Mas parece exactamente o contrário...


"O BE não manda no país"

Puro cretinismo...


"Portugal devia pedir desculpa aos ciganos"

É não ter - nem fazer - ideia nenhuma sobre nada...

sexta-feira, 21 de junho de 2019

Como era de prever...

quarta-feira, 19 de junho de 2019

... o relatório final da Comissão de Inquérito ao furto de Tancos, aprovado com os votos a favor do PS, Bloco de Esquerda e PCP, ilibou completamente o primeiro ministro costa e o ministro da defesa azeredo de qualquer responsabilidade no assunto.

Ora uma aprovação de um relatório destes por uma corja como esta só prova - provado e bem provado... - que estes dois marmanjos estão implicados no assunto até à ponta dos cabelos (no caso do careca é até à ponta das unhas)...

Vai correr bem... Vai, vai....



"Órgências"...

terça-feira, 18 de junho de 2019

No universo publico-jurídico é tudo uma "órgência"...

Foi "órgente" acabar com o tecto remuneratório dos juízes (que coitadinhos, já ganhavam muito mal...) ...


Só nunca foi, não é - nem, dá ideia, nunca será... - "orgente" discutir o estatuto remuneratório dos juristas da administração pública, que passam a vida a aturar, com muita paciência e pertinácia, chefes ou eleitos malucos, autoritários, descomandados e ignorantes, que se acham "os maiores" e que sabem tudo, a respeito de questões jurídicas complexas e delicadas, com uma miríade de implicações a jusante, sem tempo (é tudo para já ou, o mais tardar, para anteontem...), sem livros (como os têm os senhores juízes, coitadinhos, que "metem" o seu valor como despesa no IRS...) e sem condições para estudar esses problemas.
Juristas a quem se exige sempre uma resposta certa para imbróglios pelos quais nunca ninguém é responsável mas que é preciso solucionar...
Juristas a quem se exige que se confrontem com tudo quanto é escritório e sociedade de advogados, os quais, enquanto "atiram o barro à parede", ganham dez vezes mais que os juristas a quem cabe "desconstruir" essas sua bizarrias e defender a administração e o Estado.
Estes juristas, pelos vistos, tão licenciados, mestres ou doutores em direito como os demais, não obstante fazerem o que fazem e o que se lhes exige, apenas podem ser tratados abaixo de cão, em regra "enfiados" na carreira de regime geral de técnico superior, lado a lado com "engenheiros do penisco" reclassificados e promovidos em 2008 pelo ex-44.

E como não têm sindicato como o têm os magistrados e os professores... quilham-se...!!! 
Pois é... É a vida...!!! Estudassem...

A "gozar com a tropa"...!!!

segunda-feira, 17 de junho de 2019

Absoluto descaramento...

sábado, 15 de junho de 2019

Costa promete aumentos e mais contratações na função pública se o PS ganhar as eleições

Curioso...!!! Isto faz lembrar qualquer coisa do passado, não faz...???



Mas quem é que também terá prometido dar o maior aumento à função pública desde 2001 em ano de eleições parlamentares e depois acabou a congelar o tempo de serviço dos professores e a atirar o país para a bancarrota...???